Detalhes de Noticias

 
Governo continua a fazer esforços na promoção das TICs

O Governo Moçambicano através do Ministério da Educação está a unir esforços para a criação de acesso às novas Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação (TICs), no país. Trata -se de um exercício que se insere nos esforços do Governo de Moçambique, plasmado no programa quinquenal e do plano estratégico da educação que corresponde o período de 2012 e 2016, com vista a criação e implementação das Tecnologias de Informação e Comunicação, no sector da educação.

Esta informação foi avançada ontem na capital do país pelo vice- Ministro da Educação Itai Meque, na abertura do Workshop das TICs. Com efeito, o Executivo precisa que a conectividade do programa de formação, capacitação dos recursos humanos do sector da TICs possa criar conteúdo digitais que sirvam às escolas e que sejam colocados e usado os equipamentos que são necessário colocar ao serviço da educação.
Itai Meque disse que a política de integração das TICs que se apresenta é mais uma imagem de marca que o Governo através do Ministério da Educação quer fazer parte integrante do Plano de Acção do Plano Estratégico da Educação e do Plano Tecnológico da Educação em Moçambique.
Disse que desta feita, o Ministério quer que as empresas nacionais e internacionais colaborem na implementação do plano tecnológico da educação de computadores pelos
professores.
A fonte disse que o plano tecnológico da Educação define a visão e a estratégia do governo de Moçambique para as TICs na educação, sendo que a ideia de abordagem de políticas de integração das TICs na educação leve mais longe o desafio.
"Por isso quer se criar e mobilizar uma política de financiamento sustentável para que todos os professores que desejam ter um computador possam adquirir sem grandes encargos” disse aquela fonte governa- mental.
Importa recordar que o Ministério da Educação no ano passado lançou o Plano Tecnológico da Educação e o Plano Estratégico da Educação. E os dois documentos clarificam a estratégia do Governo de Moçambique, em relação as TICs na Educação.
Com efeito, o Governante disse que num mundo cada vez mais globalizado, impõe-se que desenvolvam-se e solidifica que se o acesso à informação e o conhecimento através da informática, uma porta que se abre para uma educação para todos e ao alcance de todos. Para depois dizer que encaram o domínio do conhecimento como uma forma de combate as desigualdade e à pobreza no país. Aproveitou aquela ocasião para informar os participante daquele Workshop de dois dia que o sucesso do programa está intrinsecamente associado aos esforços de cooperação. Sabe-se que o Workshop irá aprofundar os mecanismos para que 5000 a 7000 professores nacionais possam usufruir das tecnologia de informação e comunicação nos próximos dois anos.
Falando da iniciativa Itai Meque é oportunidade de professores adquirirem o seu próprio conhecimento de novas tecnologias com condições mensais atractivos, impactando o sistema do ensino nacional.