Beatriz Manjama quer maior envolvimento da mulher

Volvidos 40 anos depois da independência nacional em 1975, Beatriz Helena Cardoso Muhorro Manjama é a primeira mulher, directora que gere os destinos da educação ao nível da Cidade de Maputo. No âmbito da celebração do dia 7 de Abril, Beatriz Manjama fez a sua primeira visita as professoras e as funcionárias dos distritos, KaMpfumu, KaMaxakeni, Nhlamankulu KaMavota e  KaMubukwana que festejavam o seu dia.

A referida visita, para além de se enquadrar nos festejos do dia 7 de Abril, visava fazer a auto-apresentação oficial da directora aos funcionários da Educação e Desenvolvimento Humano daqueles distritos e pedir as mulheres que em conjunto com os Homens estejam de mãos dadas para levar avante os desafios da Educação e para cumprir o Plano Económico e Social do Governo da Cidade de Maputo.

Nos cinco distritos visitados a directora surpreendeu-se com o nível organização no âmbito dos festejos do dia da mulher moçambicana. Reiterou que as mulheres não devem ser meras observadoras dos problemas que assolam o sector, nomeadamente o  absentismo dos professores e dos funcionários, reprovações em massa, fraca assimilação das matérias por parte dos alunos entre outros. Segundo ela, as mulheres devem envolver-se, porque são capazes. “ as mulheres encontram-se  em número elevado no sector da Educação ao nível da Capital do país, desta forma vamos marcar diferença na sala de aula, cada mulher deve ser assessora da sua colega e do seu colega para juntos melhorarmos os problemas que assolam a educação.​