Ministra da Educação visita Escola Primária Completa de Mavalene “A”

A Ministra de Educação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Rita Namashulua, visitou esta sexta-feira, 14 de Fevereiro, a Escola Primária Completa de Mavalane “A”, na cidade de Maputo, uma das escolas que sofreu enxurradas provocadas pelas chuvas que caíram nos últimos dias na cidade.

 Nesta visita, a Ministra interagiu com os alunos e professores. Na interação com os alunos, falou de matérias pedagógicas, apelou para a conservação das carteiras e outros mobiliários escolares, falou da importância da higiene individual e colectiva no seio da escola.

Namashulua visitou também os sanitários, salas de aula e outros sectores de funcionamento da escola, interagiu com o responsável da alimentação escolar, que explicou sobre a existência e o funcionamento deste programa naquela escola.

Questionado sobre a necessidade de carteiras, a directora da Escola, Ana Mugabe, explicou que na sua escola nenhum aluno senta no chão, mas tem necessidade de 75 carteiras, número que pode garantir que todos os alunos sentem dois a dois e não três a três como acontece em algumas salas de aula naquela Escola. Neste ponto, a Ministra disse que irá trabalhar com a unidade orgânica competente para estudar formas de solucionar este problema.

No fim desta visita, a Ministra orientou a direcção da escola para dentro das suas capacidades apostar na conservação do pátio e na limpeza escolar.

Salientar que, no âmbito do seu trabalho, a Ministra já fez visitas do mesmo género na Escola Secundária Josina Machel e Escola Primária 3 de Fevereiro, todas na Cidade de Maputo.

Ainda no mesmo dia, a Ministra visitou a Direcção de Infra-estruturas e Equipamentos Escolares (DIEE), aqui se inteirou do funcionamento daquela Unidade Orgânica, interagiu com os técnicos afectos nas diferentes áreas, orientou que cada técnico fizesse o máximo na sua área de actuação para melhorar e garantir a    qualidade de ensino. A Ministra orientou a direcção para garantir a fiscalização nas escolas, o estabelecimento água para saneamento, alocação e conservação de equipamentos e infra-estruturas escolares.